Zeladoria e prevenção às chuvas tem sido uma das prioridades do início da gestão de Marcelo Oliveira

Zeladoria e prevenção às chuvas tem sido uma das prioridades do início da gestão de Marcelo Oliveira

Os primeiros vinte dias de janeiro foram de trabalho intenso na área de zeladoria da cidade, sob o comando do Prefeito Marcelo Oliveira (PT) e do Secretário de Serviços Urbanos Fernando Rubinelli (PTB). A intenção foi a de conter impactos negativos em decorrência das chuvas de verão. Foram realizadas limpezas em piscinões e em bocas de lobo, intervenções no leito do rio Tamanduateí, roçagem em praças e em canteiros centrais de importantes vias do município.

Duas regiões com histórico e grande potencial de alagamento receberam atenção especial neste primeiro momento: a área do Paço Municipal, onde estão localizados os prédios dos três poderes – Executivo (Prefeitura), Legislativo (Câmara) e Judiciário (Fórum) –, o Ginásio de Esportes Celso Daniel e o Parque da Juventude; e a entrada do Jardim Zaíra, ponto de muito fluxo de veículos e pessoas.

Outra ação para ajudar a minimizar os impactos das enchentes diz respeito à limpeza de ecopontos e áreas críticas de descarte irregular de lixo. Além disso, como parte da zeladoria do município, foi restabelecida a iluminação na divisa com a cidade de Santo André. Secretário de Serviços Urbanos de Mauá, Fernando Rubinelli destacou os esforços da Prefeitura em acelerar o trabalho de zeladoria.

“Encontramos os bueiros obstruídos, muitos descartes irregulares de entulhos, mato alto, ou seja, condições ideais para as enchentes. Precisamos correr, pois a chuva não espera. Nosso objetivo é realizar o máximo de intervenções em um curto espaço de tempo. O prefeito Marcelo Oliveira foi claro quando disse que precisamos estar preparados para a temporada de chuvas de verão, independentemente do que foi feito pela gestão anterior”, afirmou.